Se você procura “Como tirar água do ouvido?”, este texto visa solucionar todas as suas dúvidas.

Quando chega o verão fica difícil não usufruir dos benefícios que ele nos proporciona.

Uma das principais atividades do verão ocorre na água, seja na praia ou em piscinas.

Nadar, mergulhar ou praticar esportes aquáticos são atividades extremamente prazerosas para o nosso corpo combater o calor que a estação nos traz.

Na prática das atividades acima, bem como em nossos banhos de chuveiro diários, pequenos contratempos, como a entrada de água em nossos ouvidos, podem ocorrer.

Preocupações com a água no ouvido

Esses contratempos podem ser pequenos a princípio, se você tomar as medidas necessárias para tirar a água do ouvido.

Porém, podem se tornar grandes se não tomar os cuidados necessários para retirá-la de lá e ficar com uma constante sensação de água no ouvido.

Água no ouvido: como tirar?

Então, como tirar a água do ouvido?

Existem métodos caseiros para retirada da água do ouvido?

Sim, são métodos ou manobras simples que podemos efetuar sem risco de agravar o problema.

Porém, há de se ter cuidado. Com certeza alguma pessoa vai querer lhe indicar um método infalível, que o primo do amigo do vizinho usou e que foi tiro e queda para eliminar a água no ouvido, como: pingar no ouvido afetado: azeite, água oxigenada, álcool, vinagre, chás, etc.

Estes métodos não têm comprovação médica efetiva para a solução do problema.

O que fazer quando entra água no ouvido?

Caso você queira efetuar as manobras abaixos indicadas e o problema persistir, procure imediatamente ajuda médica, pois a água no ouvido pode ocasionar infecções, tornando o tratamento mais difícil.

Vale lembrar que estas práticas nunca devem ser realizadas em bebês.

As manobras ou métodos caseiros para tirar a água do ouvido, são:

  • Deitar de lado com o ouvido com água voltado para baixo e esperar que, pela gravidade, a água saia;
  • Inclinar a cabeça para o lado do ouvido com água, prender o ar na boca e dar pequenos pulos;
  • Colocar a mão sobre o ouvido com água e fazer o movimento como se fosse o desentupimento de pia, deitando-se de lado e deixando a água escoar pelo efeito da gravidade;
  • Com a cabeça inclinada para o lado do ouvido com água, puxar o lóbulo da orelha, abrindo desta forma o conduto auditivo, deitando-se de lado e com a gravidade ajudando a expulsar a água;
  • Fazer a manobra de valsalva, que consiste em tapar o nariz e a boca, tentar expirar com força. Desta forma a pressão no canal auditivo eliminará a bolha de ar que obstrui a saída da água.
  • Utilizar-se da ponta de um papel toalha, que é o caso da água localizada na parte mais externa ouvido, pois assim o papel absorverá a água.

Se todas as manobras indicadas não produzirem o efeito esperado, procure a ajuda de um médico especialista para que ele faça ou indique o método correto para tirar a água do ouvido.

Não espere problemas mais sérios em seus ouvidos para buscar ajuda.

Quais os sintomas da água no ouvido?

A água no ouvido pode causar a sensação de dor, zumbido, perda da audição e pode caminhar para uma infecção, a otite.

A constatação de ouvido entupido por água em um adulto ou por uma criança que consiga verbalizar os sintomas, fica mais fácil para se obter uma solução.

Nessas pessoas é possível fazer uma manobra simples, um método caseiro para eliminação de água do ouvido.

E quando há água no ouvido do bebê?

Quando acontece com um bebê, o diagnóstico fica mais difícil, pois depende da observação dos pais ao perceber o choro da criança.

Quase como um detetive é possível ir eliminando algumas possíveis causas da irritação da criança: pode ser falta de alimentação, sono, calor, frio, etc.

Depois, talvez seja possível chegar à conclusão que no banho pode ter entrado água no ouvido do bebê, provocando a dor.

Para isso, não tente tratamentos alternativos para retirar a água no ouvido no bebê.

Imediatamente procure pelo pediatra, informe de suas suspeitas, que ele irá avaliar e dar o tratamento adequado.