O popular “médico do ouvido” é conhecido por uma palavra difícil de escrever: otorrinolaringologista.

Porém, ela não é só “médico de ouvido”. Vamos elucidar nesse artigo as principais características do otorrinolaringologista.

Otorrinolaringologista, o popular “otorrino”

As principais dúvidas que muitas pessoas têm com relação a esse profissional da saúde são:

  • o que é um otorrinolaringologista?
  • o que faz um otorrinolaringologista?

Embora seja um um nome extenso, ele representa a junção de palavras de origem gregas, como oto (ouvido) + rino (nariz) + laringo (garganta) + logia(estudo).

Então, o significado de otorrinolaringologista é o médico especializado em otorrinolaringologia, que é a parte da medicina cuja finalidade é estudar e tratar as doenças que acometem o ouvido, o nariz e a garganta.

Ele também é chamado simplesmente de “otorrino”, ou popularmente de “médico do ouvido”.

Para se tornar médico otorrinolaringologista é preciso se formar médico, fazer pelo menos 3 anos de residência hospitalar e, posteriormente, estudar por um ano ou mais para se especializar em alguma área da otorrinolaringologia.

Quais são as principais doenças tratadas com o otorrino?

As principais doenças tratadas clínica ou cirurgicamente pelo médico otorrinolaringologista, são:

  • Inflamação e hipertrofia da adenoide;
  • Alterações das pregas vocais;
  • Inflamação das amídalas;
  • Desvio de septo nasal;
  • Distúrbios da deglutição (como dor ou dificuldade para engolir);
  • Distúrbios do sono;
  • Perfuração do tímpano;
  • Inflamação da faringe;
  • Distúrbios do labirinto;
  • Infecção do ouvido – otites;
  • Paralisia facial;
  • Polipose nasal;
  • Rinite;
  • Sinusite;
  • Perda parcial ou total da audição;

Tumores da cabeça e pescoço, entre outras.

Quais são os principais sintomas tratados com o otorrino?

O otorrino avalia diversos sintomas de doenças. Entre os mais comuns estão:

  • Dificuldade auditiva ou surdez;
  • Dor de cabeça (cefaleia);
  • Dificuldade para engolir ou dor de garganta;
  • Dor de ouvido;
  • Dor na face;
  • Obstrução nasal;
  • Roncos e apneia;
  • Rouquidão;
  • Sangramento e pus no ouvido;
  • Sangramento nasal;
  • Secreção nasal;
  • Tontura;
  • Zumbido, entre outros.

A busca por um médico otorrino pode ocorrer por indicação de um outro profissional médico, como os clínicos gerais, pediatras, geriatras, fonoaudiólogos, etc., que detectaram, em consulta, algum problema de saúde ligado ao ouvido, nariz ou garganta.

Ou também pode ocorrer essa procura se você tiver algum dos sintomas característicos, como os acima relacionados, que exigem a avaliação do otorrinolaringologista.